Número verde: 800 108 675

A noite da Iguana - ID1000
A Noite da Iguana A Noite da Iguana
São Luiz
Teatro
Municipal 18 Jan-5 Fev 2017

“Esta não será uma noite fácil de passar.” Um hotel “rústico e boémio” na costa oeste do México, uma iguana atada pelo pescoço, um conjunto de personagens que carregam, com sarcasmo e com ternura, os seus paraísos perdidos e os seus infernos construídos, à procura de uma “casa” possível, um porto de abrigo. Há uma tempestade em A Noite da Iguana, mas tudo termina com uma nota esperançosa, como se fosse possível chegar inteiro ao fim de uma viagem “que as pessoas assombradas e deprimidas se veem forçadas a fazer pelo lado obscuro da sua natureza”. É uma peça, diz-nos Tennessee Williams, sobre “como viver para lá do desespero e ainda assim viver”. Estreada na Broadway em 1961, foi o seu último sucesso de crítica e bilheteira, espécie de “canto de cisne” de uma carreira que a partir daqui seria marcada pela incompreensão. Com A Noite da Iguana, o encenador Jorge Silva Melo e os Artistas Unidos fecham um ciclo de quatro peças (três delas coproduzidas pelo TNSJ) do dramaturgo norte-americano, revisitação em chave vitalista de uma obra que mora “no comovente e atormentado coração da condição humana”.

de

Tennessee Williams

tradução

Dulce Fernandes

encenação

Jorge Silva Melo

cenografia e figurinos

Rita Lopes Alves

desenho de luz

Pedro Domingos

desenho de som

André Pires

assistência de encenação

Nuno Gonçalo Rodrigues, Bernardo Alves

produção executiva

João Meireles

com

Nuno Lopes, Maria João Luís, Isabel Muñoz Cardoso, Joana Bárcia, Pedro Carraca, Tiago Matias, João Meireles, Ana Amaral, Pedro Gabriel Marques, Catarina Wallenstein, Américo Silva, João Delgado, Bruno Xavier, Vânia Rodrigues

coprodução

Artistas Unidos, São Luiz Teatro Municipal, TNSJ

estreia 19Jan2017 São Luiz Teatro Municipal (Lisboa)

dur. aprox.

1:40

M/12 anos