Número verde: 800 108 675

Boca Muralha Boca Muralha
Teatro Carlos Alberto 6-8 Abr 2017
qui-sáb 21:00

Em edições recentes da Mostra desNORTE já nos havíamos acercado do processo criativo de Catarina Miranda, artista que vem trabalhando com linguagens que intercetam dança, performance, cenografia e luz. Mas Boca Muralha deve ser encarada com o entusiasmo de uma estreia. Pela primeira vez, ela inscreve-se na programação do TNSJ com uma peça finalizada, que nos chega com o selo de produção da SOOPA, um coletivo de criadores nacionais e internacionais que opera no Porto desde 1999 e que é, a um tempo, uma editora, produtora e programadora de concertos, performances, objetos cénicos e fílmicos. Boca Muralha é o último momento de REI, uma trilogia de peças de dança onde Catarina Miranda tem explorado mecanismos cénicos que apresentam estados de tensão, reveladores de conflito e coerção, presentes no imaginário contemporâneo. No interior de uma paisagem limitada por uma secção dourada, dois corpos interagem obsessivamente com o seu próprio reflexo, revelando nos seus gestos vestígios atemporais de práticas de ataque e defesa. Boca Muralha inspira-se nas Fúrias, personagens arquetípicas de ímpeto insaciável por vingança e justiça.

direção artística, coreografia, cenografia, figurinos, luz

Catarina Miranda

suporte dramatúrgico, música, luz

Jonathan Uliel Saldanha

coreografia, interpretação

Luísa Saraiva

interpretação

Ángela Diaz Quintela

vozes gravadas

Catarina Miranda, Luísa Saraiva

ilustração, vídeo

Diogo Tudela

produção executiva

Ana Renata Polónia

coprodução

SOOPA, Materiais Diversos, Circular

estreia

22Set2016 Festival Materiais Diversos (Teatro Virgínia, Torres Novas)

dur. aprox.

40’

M/6 anos

Material de Apoio

Documentos

Doumento PDF

Programa-Boca-Muralha.pdf

Divulgação

Sugestão

Sugira a um Amigo

O seu Nome

O seu Email

Emails dos Destinatários

Comentário

Imprimir Espectáculo

Icon de Página de Impressão