Número verde: 800 108 675

Alma Alma
TNDM II
(Lisboa) 21 Fev-3 Mar 2013

Viseu e Lisboa são pontos de passagem (e não de paragem) desta “Alma caminheira”, a quem um Anjo obstinado clama: “Oh, andai! Quem vos detém?” Maratona de vida ou morte no tempo-recorde de uma hora, o espetáculo criado por Nuno Carinhas parte de um dos autos menos representados de Gil Vicente, o dramaturgo de que não nos chegou um único retrato, mas que tinha mil caras, como um arraial. Alma revela-nos talvez a sua face mais hierática e lírica, conjugando duas metáforas maiores da imagética religiosa – peregrinação e refeição. Ao contrário das Barcas, onde Vicente erige um monumental teatro post mortem, Alma propõe um pequeno teatro da vida humana, encenando-a como viagem, com os seus avanços e recuos, obstáculos e desvios. Com uma dramaturgia que é também um excurso por lugares pouco frequentados da nossa literatura – Vitorino Nemésio, Guerra Junqueiro e Teixeira de Pascoaes –, Alma é um espetáculo plasticamente intenso, que perfaz um arco que vai do ritual sagrado à festa profana. No epicentro, disputada pelo Anjo e pelo Diabo, uma singular personagem vicentina – uma Alma, carácter individual e alegoria de toda a espécie humana – luta contra o tempo e faz um trajeto de provação, mudança, descoberta.

Digressão fev - mar

... ler mais

de

Gil Vicente

encenação

Nuno Carinhas

dramaturgia

Nuno Carinhas, Pedro Sobrado

cenografia

Pedro Tudela

figurinos

Nuno Carinhas

desenho de luz

Nuno Meira

desenho de som

Francisco Leal

apoio linguístico

João Veloso

preparação vocal e elocução

João Henriques

interpretação

Alberto Magassela, Fernando Moreira, Fernando Soares, João Castro, Jorge Mota, Leonor Salgueiro, Miguel Loureiro, Paulo Freixinho, Paulo Moura Lopes

produção

TNSJ

estreia

9Mar2012 TNSJ (Porto)

dur. aprox. 1:00

M/12 anos