Número verde: 800 108 675

Pulmões ID4730
Pulmões Pulmões
Mosteiro São Bento da Vitória 16+17 Jun 2018
Sala do Tribunal 
sáb 19:00 + dom 16:00

Um casal na casa dos trinta discute, durante uma ida ao IKEA, a possibilidade de ter um filho e do impacto que isso terá neles e no planeta. Uma conversa casual e inesperada que produz consequências cataclísmicas. Com encenação de Luís Araújo – que depois de Subterrâneo (2016) volta a assinar uma criação para o Ao Cabo Teatro –, Pulmões (2011), do dramaturgo britânico Duncan Macmillan, não é explicitamente uma peça sobre as mudanças climáticas. É uma peça sobre pessoas, confrontadas com uma possibilidade inesperada que as leva a reavaliar o resto das suas vidas e a lidar com a sensação de que é difícil imaginar um futuro reconhecível, um manual de instruções para a vida que as espera. Numa era em que o terrorismo e o aquecimento são fenómenos globais, numa era de crises económicas, políticas e humanitárias, de pegadas ecológicas, escaladas nucleares e outros sinais inquietantes de um futuro cada vez mais presente, Pulmões expõe-nos uma geração que fez da incerteza um modo de vida. Uma geração que, tal como o planeta, vive num estado de ansiedade perpétua.

de

Duncan Macmillan

tradução

Fernando Villas-Boas

encenação

Luís Araújo

cenografia, vídeo e figurinos

António MV

desenho de luz

Nuno Meira

sonoplastia

Pedro Augusto

produção executiva

Marca-d'água/Ana Carvalho, Inês Carvalho e Lemos, Sandra Carneiro

interpretação

Luís Araujo, Maria Leite

coprodução

Ao Cabo Teatro, Centro Cultural Vila Flor

estreia

7Jun2018 Centro Cultural Vila Flor

dur. aprox.

1:45

M/16 anos

Divulgação

Sugestão

Sugira a um Amigo

O seu Nome

O seu Email

Emails dos Destinatários

Comentário

Imprimir Espectáculo

Icon de Página de Impressão