Número verde: 800 108 675

Um Porto para Elizabeth Bishop
Um Porto para Elizabeht Bishop Um Porto para Elizabeht Bishop
Teatro Carlos Alberto 2+3 Jun 2013
domingo + segunda-feira 21:30

Elizabeth Bishop, vencedora do Prémio Pulitzer de Poesia de 1956, com Norte e Sul, é muitas vezes referida como a mais relevante poetisa norte-americana do século XX. O monólogo Um Porto para Elizabeth Bishop – com o qual Regina Braga venceu o prémio da Associação Paulista de Críticos de Arte para Melhor Atriz – retrata o período de cerca de 15 anos em que a escritora viveu no Brasil e manteve uma relação com a paisagista Lota de Macedo Soares. Bishop desembarcou no porto de Santos, onde deveria fazer uma breve escala, em 1951, com 40 anos e um quadro de depressão; órfã desde criança e educada em colégios internos, acabou por descobrir no “fim do mundo” de Petrópolis o porto de abrigo para um profícuo período criativo. Encenado por José Possi Neto, este espetáculo mostra-nos como a aparente fragilidade da norte-americana se transforma em força, oferecendo-nos ainda uma visão externa do Brasil nas décadas de 1950 e 60, com referências ao golpe militar de 1964 e a personalidades como o poeta Carlos Drummond de Andrade.

de

Marta Góes

encenação

José Possi Neto

cenografia

Jean Pierre Tortil

figurinos

Lu Pimenta

banda sonora

George Freire

desenho de luz

Wagner Freire

produção executiva (Portugal)

Daniela Rosado

direção de produção

Henrique Mariano

interpretação

Regina Braga

produção

Ágora Produções Teatrais e Artísticas (São Paulo)

estreia

20Mar2001 Auditório Salvador de Ferrante (Curitiba)

dur. aprox.

1:10

M/12 anos