Número verde: 800 108 675

al mada nada al mada nada
Teatro Nacional São João 26-29 Mar 2014
quarta-feira 23:00 (após Turismo Infinito) 
quinta-feira a sábado  21:30

No cenário de Turismo Infinitoviagem pelas várias escritas de Fernando Pessoa programada por António M. Feijó –, Ricardo Pais abre agora um recreio, intitulado al mada nada, inspirando-se nesse outro “poeta d’Orpheu e tudo” chamado Almada Negreiros. “Querem mais diferentes que estes dois?”, pergunta Almada, falando de si e de Pessoa, mas a interrogação aplica-se também aos dois espectáculos de Ricardo Pais. Partindo de Saltimbancos – texto único da nossa literatura, obsessivamente físico e sexual, que ocasionou a apreensão policial da revista Portugal Futurista (1917) –, al mada nada instala-nos numa vila portuguesa à beira-mar onde, num quartel, se preparam à pressa soldados para participar numa guerra longínqua (a agora centenária Primeira Guerra Mundial) e por onde passa uma família de ciganos que promove um indigente espectáculo de saltimbancos. Da instrução militar aos arraiais de Verão, passando pela cobrição dos cavalos e pelos dramas de namorados, a nova criação de Ricardo Pais encena ludicamente o melodrama da pobreza nacional, vazado na moderníssima linguagem do Almada futurista, cuja vertigem e aceleração os Momentum Crew reproduzem. Este grupo de b-boys internacionalmente premiado junta-se ao percussionista Rui Silva e a Pedro Almendra, actor que integrou o elenco de alguns dos mais marcantes espectáculos de Ricardo Pais. Dança, literatura e música ritualizam lutas sem inimigo, ao mesmo tempo que fazem do palco um lugar de inesperado recolhimento.

 

de

Ricardo Pais

com

Pedro Almendra, Rui Silva e Momentum Crew

textos de

Almada Negreiros

dramaturgia

Pedro Sobrado

cenografia

Manuel Aires Mateus

figurinos

Bernardo Monteiro

música

Rui Silva

desenho de luz

Nuno Meira

desenho de som

Joel Azevedo

elocução e preparação vocal

João Henriques

guião e encenação

Ricardo Pais com Manuel Tur

interpretação

Pedro Almendra (ator), Bruce Almighty, Deeogo Oliveira, Lagaet Alin, Max Oliveira, Mix Ivanou, Pedro França (dança urbana) e Rui Silva (percussão)

coprodução

Companhia de Teatro de Almada, TNSJ

M/12 anos

Material de Apoio

Documentos

Doumento PDF

Manual de Leitura al mada nada.pdf

al mada nada - id614

Divulgação

Sugestão

Sugira a um Amigo

O seu Nome

O seu Email

Emails dos Destinatários

Comentário

Imprimir Espectáculo

Icon de Página de Impressão