Número verde: 800 108 675

Baleizão
Baleizão Baleizão
Teatro Carlos Alberto 27 Fev-2 Mar 2019
qua+qui 10:00 sex 11:00 sáb 19:00

Um gelado, o Baleizão, vendido numa cervejaria homónima de Luanda nos anos 70, é o agente desencadeador e aglutinador do espetáculo dirigido por Aldara Bizarro, que a ele simbolicamente pede o nome emprestado. Criado e interpretado a meias com Miguel Horta, Baleizão faz-se das memórias de infância convocadas pela troca de cartas, textos, desenhos e fotografias entre estes dois amigos separados e com vivências diferentes, a de Angola durante a guerra colonial e a de Lisboa, também marcada pelos sinais do Barlavento algarvio. Esta troca epistolar de recordações, que partilha duas histórias de vida, é um exercício de celebração da vida e de um valor, a memória, convocando o público para um mergulho pessoal nas suas próprias recordações. Na infância de Aldara Bizarro, o Baleizão era usado pela mãe para cotar o valor de custo das coisas impossíveis, daquelas que não tinha possibilidade de comprar. Mas em Baleizão, numa subtil inversão, é a memória o valor impossível de cotar: vale incontáveis Baleizões…

conceção e direção

Aldara Bizarro

interpretação e cocriação

Aldara Bizarro, Miguel Horta

em coprodução com

Museu do Dinheiro

apoio

SMUP – Sociedade Musical União Paredense

estreia 9Mai2017 Museu do Dinheiro (Lisboa)

dur. aprox. 1:15

M/12 anos

Material de Apoio

Documentos

Doumento PDF

Programa-de-sala-Baleizão.pdf

Divulgação

Sugestão

Sugira a um Amigo

O seu Nome

O seu Email

Emails dos Destinatários

Comentário

Imprimir Espectáculo

Icon de Página de Impressão