Número verde: 800 108 675

Subterrâneo - ID961
Subterrâneo Subterrâneo
Teatro Nacional São João 17-20 Nov 2016
Salão Nobre                           
17+18+20 nov
qui+sex+dom 19:00

Enquanto ator, Nuno Cardoso regressa ao mundo “estranho, áspero e louco” que Dostoiévski levantou em Cadernos do Subterrâneo (1864). Subterrâneo oferece um palco à voz de um homem acossado, num monólogo que constantemente se reinventa como falso diálogo com interlocutores imaginários, fingindo respostas que de imediato desmonta, num jogo de espelhos onde fuga e confronto se equivalem. Ao olhar para este homem, hoje, o encenador Luís Araújo ousou “oferecer-lhe as oportunidades do séc. XXI”, que é como quem diz, “o espaço e os mecanismos usados pelos profetas do life coaching, do empreendedorismo e do motivational speaking, pelos que fingem ou acreditam ter respostas, a salvação”. No Salão Nobre do TNSJ, lugar de festa e brilho, expõe-se provocatoriamente o desconforto de um “homem doente”, “mau” e “antipático”…

O fim dos fins é não fazer nada

a partir de Cadernos do Subterrâneo de Fiódor Dostoiévski

encenação

Luís Araújo

dramaturgia

Luís Araújo, Nuno Cardoso

cenografia

Tiago Pinhal Costa

desenho de luz

Rui Monteiro

sonoplastia

Pedro Augusto

multimédia

Luís Araújo (com a colaboração de Sara Pazos e Sofia Lemos da Costa)

fotografia

Sara Pazos

direção de produção

Pedro Jordão

produção executiva

Alexandra Novo

interpretação

Nuno Cardoso

coprodução

Ao Cabo Teatro, Centro Cultural Vila Flor, Centro de Arte de Ovar, Theatro Circo

estreia15Jan2016 Centro Cultural Vila Flor (Guimarães)

dur. aprox.

1:15

M/12 anos

Material de Apoio

Documentos

Doumento PDF

Programa Showcase-UTE.pdf