Número verde: 800 108 675

Leituras no Mosteiro - ID987
Leituras no Mosteiro Leituras no Mosteiro
Mosteiro São Bento da Vitória 17 Jan-21 Mar 2017
Centro de
Documentação
ter 21:00

Foi ele próprio que colou o adjetivo “infantil” ao seu teatro, talvez porque nas suas peças se brinque tanto com as palavras, “brincadeira” que não raras vezes conduz ao desastre, à afirmação da vacuidade da linguagem. As Leituras no Mosteiro começam o ano de 2017 com uma excursão ao universo violentamente cómico de Eugène Ionesco, dramaturgo franco-romeno que foi, a par de Beckett e Genet, um dos grandes renovadores do teatro ocidental no século XX. Irrompemos pela sua obra com a força paquidérmica mas ambígua de Rinoceronte (1959), a peça que o afirmou internacionalmente, e despedimo-nos com outro monstro, Macbett (1972), que o autor situou “entre Shakespeare e Jarry, bastante próxima de Rei Ubu”. Mas não esquecemos as suas peças curtas, em um ato, numa sessão que coloca em linha O Futuro Está nos Ovos (1957) e O Mestre e A Menina Casadoira, ambas de 1953. Sobre todas elas paira o riso trocista e angustiado de Ionesco, o homem que detestava a palavra “absurdo”, demasiado imprecisa ou pomposa para dar conta da ambição maior da sua obra: “Parodiar o teatro, ou seja, o mundo.”

coordenação 

Nuno M Cardoso, Paula Braga

organização 

TNSJ

 

21 mar | Macbett

Divulgação

Sugestão

Sugira a um Amigo

O seu Nome

O seu Email

Emails dos Destinatários

Comentário

Imprimir Espectáculo

Icon de Página de Impressão