Teatro Carlos Alberto

O Dia do Juízo

de √Ėd√∂n von Horv√°th

encenação Cristina Carvalhal

O Dia do Juízo

Descrição

A encenadora Cristina Carvalhal visitou-nos em 2018 com a adapta√ß√£o teatral de Elizabeth Costello, um romance de J.M. Coetzee. Dois anos depois, vamos reencontr√°-la a bra√ßos com uma pe√ßa de √Ėd√∂n von Horv√°th. Poder√≠amos come√ßar por falar deste dramaturgo citando-lhe uma frase lapidar: ‚ÄúEm todas as minhas pe√ßas tentei afrontar impiedosamente a estupidez e a mentira.‚ÄĚ Se acrescentarmos a esta brutalidade uma ternura pelas insufici√™ncias humanas e um corrosivo sentido de humor, abeiramo-nos do tom dominante da obra de Horv√°th, cidad√£o do imp√©rio Austro-H√ļngaro que se fixou em Berlim nos anos 1920, para a partir da√≠ reinventar o teatro popular de l√≠ngua alem√£. Escrita em 1935-36, a intriga de O Dia do Ju√≠zo poderia facilmente confundir-se com um vulgar drama burgu√™s, protagonizado por um imprevisto tri√Ęngulo ‚Äúamoroso‚ÄĚ. Mas a pe√ßa vai adquirindo, √† medida que progride, a densidade de uma par√°bola sobre a culpa e a inoc√™ncia, problematizando a responsabilidade individual no dia-a-dia de uma comunidade. O recurso √† linguagem v√≠deo √© um dos elementos estruturantes do espet√°culo. Assinado pelo realizador Pedro Filipe Marques, o v√≠deo ser√° decisivo na concretiza√ß√£o da dimens√£o fantasm√°tica da culpa ou, dito de outro modo, na ‚Äúmaterializa√ß√£o‚ÄĚ da presen√ßa inusitada do ‚Äúal√©m‚Ä̂Ķ

_

PROGRAMA DE SALA

O Dia do Juízo

_

Créditos

de √Ėd√∂n von Horv√°th

encenação Cristina Carvalhal

vers√£o e dramaturgia Cristina Carvalhal, Pedro Filipe Marques assist√™ncia de encena√ß√£o Sara Carinhas cenografia e figurinos Ana Limpinho & Maria Jo√£o Castelo v√≠deo Pedro Filipe Marques desenho de luz Jos√© √Ālvaro Correia m√ļsica S√©rgio Delgado produ√ß√£o executiva Sofia Bernardo

interpreta√ß√£o Carlos Malvarez, Cucha Carvalheiro, Eduardo Fraz√£o, Ivo Alexandre, J√ļlia Valente, Manuela Couto, Paulo Pinto, Pedro Lacerda

participação em vídeo Gracinda Nave, Isac Graça, Sara Carinhas coprodução Causas Comuns, São Luiz Teatro Municipal, TNSJ

estreia 10 Out 2019 S√£o Luiz Teatro Municipal (Lisboa) dur. aprox. 1:40 M/12 anos