Otelo

TRANSMISSÃO ONLINE

.

de William Shakespeare

encenação, cenografia e figurinos Nuno Carinhas

realização vídeo Pedro Filipe Marques

Otelo

Descrição

Estou perdido, mas amo-te! E quando n√£o te amar regressar√° o caos.

√Č com a m√ļsica de Otelo, de William Shakespeare, que reabrimos a nossa sala online no site e nas redes sociais, conduzidos por Nuno Carinhas. Ao conquistar espa√ßo e tempo a uma hist√≥ria que se precipita para o fim, o encenador, cen√≥grafo e figurinista permite-nos aceder a toda a beleza das palavras e ao seu feiti√ßo. Tomando o edif√≠cio do teatro como lugar de a√ß√£o, numa primeira parte passada na plateia do S√£o Jo√£o, v√°rios outros palcos se sucedem, do imenso espelho de √°gua do palco vazio √† claustrofobia desse espa√ßo √≠ntimo e √ļltimo que √© o quarto de dormir. Otelo estreou em setembro de 2018 e, ap√≥s uma temporada de sucesso, regressou em janeiro do ano seguinte para mais uma s√©rie de apresenta√ß√Ķes. Pela m√£o de Pedro Filipe Marques, voltamos a ser testemunhas e c√ļmplices de um jogo de duplicidades e reflexos, onde tudo se perde por um adere√ßo, um simples len√ßo.

TRANSMISSÃO ONLINE A PARTIR DE
VIMEO - ENTRADA PARA A SALA ONLINE AQUI / FACEBOOK / INSTAGRAM
10 abril 2020 ‚ÄĘ sex 22:00
Disponível até às 24:00 de 12 de abril 2020

.

.

Manual de leitura

OTELO

Créditos

de William Shakespeare encenação, cenografia e figurinos Nuno Carinhas tradução Daniel Jonas versão cénica Daniel Jonas, Nuno Carinhas, Sara Barros Leitão desenho de luz Nuno Meira desenho de som Francisco Leal desenho de lutas Miguel Andrade Gomes voz e elocução Carlos Meireles

assistência de encenação Sara Barros Leitão

interpretação António Durães, Diana Sá, Dinarte Branco, Joana Carvalho, João Cardoso, Jorge Mota, Maria João Pinho, Paulo Freixinho, Pedro Almendra, Pedro Frias

realização vídeo Pedro Filipe Marques

produção Teatro Nacional São João

estreia 28Set2018 Teatro Nacional S√£o Jo√£o (Porto) dur. aprox. 2:30 M/12 anos