Teatro S茫o Jo茫o

Maria Coroada

texto Jo茫o Garcia Miguel
_
A Companhia Jo茫o Garcia Miguel, Alma d鈥橝rame, ASTA

Maria Coroada

Descri莽茫o

Foi o que realmente aconteceu, diz-se. Em 1840, na ressaca da Guerra Civil Portuguesa, um mancebo chega a uma aldeia duriense e traz consigo um livro cheio de hist贸rias. Seguindo os ensinamentos desse livro, os populares de Granja do Tedo fundaram um movimento social e religioso que duraria sete anos, liderado pela curandeira Maria das Neves, autodenominada 鈥淭erceira Eva, por Jesus Coroada鈥. A valoriza莽茫o do papel da mulher, o apelo ao naturismo, a solidariedade com os pobres ou o incremento do ensino gratuito eram algumas das suas reivindica莽玫es. A partir de uma hist贸ria ver铆dica, Jo茫o Garcia Miguel e Am芒ndio Anast谩cio exploram a origem e a pot锚ncia desse encantamento. Maria Coroada fala-nos da capacidade de conversar com os deuses que vivem dentro de n贸s, da coragem de ir 脿 procura de vozes que nos transcendem. Fala-nos tamb茅m do poder de um livro para transformar uma comunidade. E da beleza dessa transforma莽茫o.

Cr茅ditos

texto Jo茫o Garcia Miguel

dire莽茫o e espa莽o c茅nico Am芒ndio Anast谩cio, Jo茫o Garcia Miguel figurinos Rute Os贸rio de Castro assist锚ncia de encena莽茫o Gustavo Antunes dire莽茫o t茅cnica Jo茫o Sofio, Bruno Boaro dire莽茫o de produ莽茫o Ricardo Falc茫o, Rui Pires

interpreta莽茫o Carmo Teixeira, Gustavo Antunes, Manuel Jo茫o Vieira, Miguel Moreira, Oceana Bas铆lio, Rui Oliveira, S茅rgio Novo m煤sico Jo茫o Bastos

cocria莽茫o A Companhia Jo茫o Garcia Miguel, Alma d鈥橝rame, ASTA coprodu莽茫o Teatro Aveirense, Cineteatro Curvo Semedo, Cineteatro Louletano, Teatro Circo de Braga, Teatro Virg铆nia, Teatro Nacional S茫o Jo茫o

dur. aprox. 1:30 M/16 anos