Equil铆brio periclitante

VERA SAN PAYO DE LEMOS*

鈥淓 o sol, senhora S铆lvia Kessel? E os cris芒ntemos? E os banhos turcos? Ser谩 que eles n茫o existem?鈥 鈥 茅 com estas perguntas que Zacarias Werner, o pequeno editor independente, ousa interromper a sess茫o de leitura do 煤ltimo romance da escritora S铆lvia Kessel para discordar do sentimento tr谩gico da vida que atravessa a sua escrita. Est谩-se no Hotel Confidence, o lugar de ac莽茫o de O Bobo e a Sua Mulher esta Noite na Pancom茅dia (2001), apresentado por Botho Strau尾 como um microcosmo simb贸lico do mundo moderno em que ningu茅m est谩 em casa, um espa莽o plurifuncional, um lugar para fugazes encontros, desencontros e presta莽茫o de servi莽os v谩rios como castings para an煤ncios publicit谩rios ou lan莽amentos de livros. Sentado entre os espectadores, na plateia da sala em tons vermelhos do Teatro Nacional S茫o Jo茫o, Zacarias Werner interpela S铆lvia Kessel no palco onde se ergue o cen谩rio do hotel, desenhado por Jo茫o Mendes Ribeiro. Os dois grandes blocos num outro tom de vermelho, girando sobre eixos para permitir a r谩pida muta莽茫o das cenas, traduzem duas imagens representativas da dramaturgia da pe莽a: as portas girat贸rias do hotel, por onde uma centena de personagens entra e sai para cenas muito breves, e o livro que tra莽a o fio da hist贸ria que une e separa as duas personagens principais, Zacarias Werner, o bobo, e S铆lvia Kessel, que ora 茅 ora deixa de ser a sua mulher. Palco e plateia, actores e espectadores, fundem-se e confundem-se, pois, afinal, esta noite est谩-se na pancom茅dia, no grande teatro do mundo que abarca este mundo e o outro: aqui partilha-se o tempo e o espa莽o e convive-se sem compromisso com gente muito diversa, homens de neg贸cios, detectives, viajantes, fadas, anjos e seres esquecidos de um passado hist贸rico.

Entre a pan贸plia de figuras que entram e saem do Hotel Confidence, destacam-se alguns pares recorrentes, como o par descomprometido dos dois protagonistas, Jodie e Jennifer, as duas recepcionistas, Alfredo e Vittorio, os dois artistas de variedades, mas os seres solit谩rios s茫o predominantes. A maior parte dos actores desdobra-se em tr锚s ou quatro personagens. Algumas n茫o chegam a ter nome, caracterizam-se apenas por g茅nero, idade, profiss茫o, maneira de ser ou situa莽茫o moment芒nea: a mulher da mesa ao lado, um homem com alguma idade, o chefe da recep莽茫o, um c茅ptico, um h贸spede. Bernardo Monteiro e a sua equipa de costureiras n茫o t锚m m茫os a medir. Os figurinos multiplicam-se e exigem mudan莽as de roupa em segundos. Corrupio e torvelinho, dentro e fora de cena. 脡 esse o ritmo do espect谩culo, definido pela encena莽茫o de Jo茫o Louren莽o, que l锚 a est茅tica do fragmento, do esbo莽o e do instante de significados m煤ltiplos desta pancom茅dia como forma de representa莽茫o do compasso acelerado do mundo contempor芒neo. Importa-lhe escavar o que parece n茫o ter fundo, seguindo a convic莽茫o de Botho Strau尾 de que 鈥渉谩 elementos fundamentais que est茫o soterrados e que hoje talvez s贸 se tornem vis铆veis em iluminadas frac莽玫es de segundo鈥.

A acelera莽茫o 茅 potenciada por diversas opera莽玫es dramat煤rgicas que alteram o ritmo das cenas e reduzem a dura莽茫o do espect谩culo como um todo, fazendo cortes em todas as cenas, omitindo uma por completo e transformando outras em can莽玫es, como aquela em que S铆lvia recorda como ordenou as folhas de um manuscrito com Zacarias 鈥渃om a per铆cia de acrobatas [鈥 num equil铆brio periclitante/ entre a mesa, a cadeira e a estante鈥.

Nos seus 鈥淐oment谩rios 脿 m煤sica鈥, Eurico Carrapatoso salienta que 茅 a primeira vez que uma partitura sua 茅 executada 鈥減ela infame, contudo infal铆vel, 鈥楳icrosoft Symphony Orchestra鈥, uma esp茅cie de orquestra virtual sem consci锚ncia sindical鈥. Curiosamente, o suporte acaba por se revelar apropriado ao ambiente do Hotel Confidence, permitindo que os sons se sigam 鈥渦ns aos outros como baratas tontas, ora fren茅ticos, ora acutilantes, ora c铆nicos, ora sinistros, ora on铆ricos, ora grotescos鈥.

O que fica do que passa? Que imagens guarda a mem贸ria da experi锚ncia intensa de um espect谩culo ef茅mero? Que momentos regista de um caleidosc贸pio de cenas e figuras como o da pancom茅dia? E a qual deles lhe cabe dizer o 鈥淔ica, tu que 茅s t茫o belo!鈥 do Fausto de Goethe? O momento da cena da pancom茅dia em que as mesas avan莽am sobre rodas, movidas pelas figuras sentadas, o espa莽o fica repleto de conversas sussurradas que um anjo escuta e d谩 a ouvir, inclinando uma grande orelha ora sobre uma ora sobre outra.

*Professora universit谩ria, dramaturgista.

_

16 Outubro 鈥 9 Novembro 2003
Teatro Nacional S茫o Jo茫o

O Bobo e a Sua Mulher esta Noite na Pancom茅dia

de Botho Strau尾
encena莽茫o Jo茫o Louren莽o
coprodu莽茫o Teatro Aberto, Teatro Nacional S茫o Jo茫o

_

in O Elogio do Espectador: 100 espet谩culos, 100 testemunhos, 100 fotografias Cadernos do Centen谩rio | 1

_

fotografia Jo茫o Tuna