Mem贸rias da austeridade

FRANCESCA RAYNER*

O ano 茅 2012 e Portugal est谩 em pleno per铆odo de austeridade. No Teatro Nacional S茫o Jo茫o, as setas de uma placa com a palavra 鈥淰iena鈥 apontam para o palco e relembram que a Europa que financiou as autoestradas 茅 agora a Europa da Troika e dos programas de 鈥渁ssist锚ncia鈥. Um Duque permissivo (Pedro Frias) deixa 鈥淰iena鈥 nas m茫os do seu severo regente, 脗ngelo (Cl谩udio da Silva), tal como Jos茅 S贸crates deixou Portugal para estudar na Sorbonne depois de entregar o pa铆s a Pedro Passos Coelho e V铆tor Gaspar. O Duque regressa no final e, atrav茅s do seu teatrinho, retoma o poder, lembrando o regresso triunfal de S贸crates como comentador televisivo. O castigo do regente corrupto 茅 um casamento for莽ado com a mulher que abandonou no passado, num final supostamente feliz onde s贸 um dos v谩rios casamentos 茅 volunt谩rio.

Medida por Medida foi o segundo Shakespeare de Nuno Cardoso, depois de Ricardo II em 2007. 脌 semelhan莽a dessa primeira encena莽茫o, Medida por Medida examinou o estado atual da democracia portuguesa, com destaque para os seus representantes pol铆ticos. Encenou o estado da na莽茫o num Teatro Nacional para os seus cidad茫os/cidad茫s, uma vis茫o coerente da miss茫o dos teatros nacionais. A vis茫o sat铆rica dos mecanismos do poder de Cardoso encontrou um porta-voz em Medida por Medida na personagem de L煤cio, que ao longo da pe莽a desconstr贸i as pretens玫es dos l铆deres e da popula莽茫o de Viena. 脡 a figura que todos os l铆deres receiam porque n茫o tem medo e n茫o deixa que a sua condi莽茫o de s煤bdito o torne obediente e submisso. O ator Daniel Pinto fez dela a personagem principal deste espet谩culo. No programa de sala, Fernando Mora Ramos fala em 鈥渉omo austeritus鈥 e o L煤cio de Daniel Pinto, que sabe navegar as mar茅s da austeridade em benef铆cio pr贸prio, representou aqui as v谩rias estrat茅gias de sobreviv锚ncia da popula莽茫o portuguesa durante os anos de austeridade. N茫o era uma figura heroica de subvers茫o ou de transgress茫o, mas um chico-esperto que sabe aproveitar as suas oportunidades.

Madame Bem-Passada (Catarina Lacerda), na tradu莽茫o de Fernando Villas-Boas, junta o fator 鈥渁usteridade鈥 脿s suas justifica莽玫es para uma clientela reduzida no bordel que mant茅m ilegalmente sob o regime de 脗ngelo, criando um paralelo entre a austeridade econ贸mica e a austeridade sexual. No cartaz do espet谩culo aparecia uma mulher nua com pix茅is a cobrir a sua genit谩lia, revelando a continuidade da repress茫o sexual da mulher desde os dias de Shakespeare at茅 hoje. Nesta encena莽茫o, a sexualidade era en茅rgica, transgressiva, multidirecional. Contudo, os castigos foram igualmente fortes. Os prisioneiros sexuais de 脗ngelo foram humilhados diariamente nas pris玫es de Viena, com torturas que relembraram as de Abu Ghraib por soldados americanos. A 煤nica personagem que n茫o participou neste jogo de crime e castigo foi a freira Isabela (Sara Carinhas), que, mesmo assim, sofreu uma tentativa de viola莽茫o por parte de 脗ngelo e uma proposta de casamento do Duque igualmente abusiva. Neste ambiente predominantemente masculino, refor莽ado nesta encena莽茫o, n茫o havia lugar para uma mulher encontrar um espa莽o ou levantar a sua voz. O facto de n茫o existir uma figura feminina no drama real da austeridade, a n茫o ser a de Assun莽茫o Cristas, para construir um paralelo em palco, tamb茅m n茫o ajudou a atriz.

O trauma da austeridade 茅 um per铆odo que tod@s querem esquecer. No entanto, se o papel de um Teatro Nacional 茅 olhar tanto os momentos negros da nossa cultura contempor芒nea como os seus pontos de luz, este Medida por Medida iluminou um per铆odo tr谩gico da hist贸ria recente, desta vez n茫o como trag茅dia, mas como farsa nacional.

*Professora no Centro de Estudos Human铆sticos da Universidade do Minho.

_

5-13 Maio 2012
Teatro Nacional S茫o Jo茫o

Medida por Medida

de William Shakespeare
encena莽茫o Nuno Cardoso
coprodu莽茫o Ao Cabo Teatro, Guimar茫es 2012 鈥 Capital Europeia da Cultura, S茫o Luiz Teatro Municipal, Teatro Nacional S茫o Jo茫o

_

in O Elogio do Espectador: 100 espet谩culos, 100 testemunhos, 100 fotografias Cadernos do Centen谩rio | 1

_

fotografia Jo茫o Tuna