Uma noite de 贸pera

Rui Chor茫o*

O Teatro Nacional S茫o Jo茫o proporcionou-nos a oportunidade de assistir a uma produ莽茫o de 贸pera do Teatro Nacional de S茫o Carlos. Sendo, infelizmente, o 煤nico teatro de 贸pera no pa铆s, s贸 muito pontualmente podemos assistir aos seus espect谩culos fora da capital. Por outro lado, o TNSJ traz-nos frequentemente, n茫o s贸 teatro, mas tamb茅m m煤sica (sobretudo em finais do s茅culo passado) e dan莽a (mesmo ap贸s a incumb锚ncia do Teatro Municipal do Porto de trazer a dan莽a 脿 cidade). Brindou-nos com um espect谩culo de 贸pera de grande qualidade, fruto de uma parceria entre o Porto e Lisboa, escolhendo uma 鈥溍硃era de c芒mara鈥 (com orquestra de pequena dimens茫o), como lhe permite o fosso que lhe est谩 destinado.

The Rape of Lucretia contou com uma encena莽茫o atractiva de Luis Miguel Cintra, associada a efeitos de luz eficientes e guarda-roupa algo intemporal, mais 脿 茅poca em que a 贸pera foi concebida (primeira apresenta莽茫o em 1946, em Glyndebourne) do que 脿quela que a hist贸ria retrata. Sob a batuta de Jo茫o Paulo Santos esteve um conjunto de int茅rpretes residentes em Portugal de grande qualidade. O tenor M谩rio Jo茫o Alves foi um eficiente 鈥淐oro Masculino鈥, enquanto o 鈥淐oro Feminino鈥 foi representado pela voz cristalina da soprano Dora Rodrigues. Presen莽a habitual em Lisboa e ocasional no Porto, Lu铆s Rodrigues (o bar铆tono que interpretou, entre outros, os pap茅is de Scarpia, Papageno, Nick Shadow e Lord Rochefort) foi um excelente Collatinus. A hero铆na do papel titular foi brilhantemente interpretada por Maria Lu铆sa de Freitas, tamb茅m ela presen莽a ass铆dua nos nossos mais importantes palcos (Baba, a turca, Fenena, Marie de l鈥橧ncarnation, entre outros pap茅is da meio-soprano). O papel de Junius Brutus coube ao bar铆tono de origem colombiana Christian Luj谩n, tamb茅m revela莽茫o do TNSC. Ana Ferro vestiu, irrepreens铆vel, o papel de Bianca. Finalmente, Andr茅 Baleiro (Tarquinius) e Joana Seara (Lucia) completaram o conjunto de cantores l铆ricos que (en)cantou.

O espect谩culo cativou com a m煤sica, encena莽茫o e desenrolar da ac莽茫o. Os Coros Masculino e Feminino localizam-nos no per铆odo hist贸rico e v茫o contando a hist贸ria, que podemos melhor compreender, ao som de uma m煤sica que se foi entranhando no decorrer da 贸pera. Sentimos ora tens茫o no confronto das vozes masculinas, ora tranquilidade com o conjunto das vozes femininas. Ac莽茫o e m煤sica conduzem-nos progressivamente ao momento mais intenso e dram谩tico da 贸pera. A cena no leito de Lucretia come莽a com uma m煤sica tranquila, prossegue com vozes agitadas. Os encontros entre esposa e marido s茫o arrepiantes e a obra culmina com a morte da hero铆na. No final, juntam-se o marido, Junius, Lucia e Bianca, relembrando a morte e deixando-nos abalados, mas enriquecidos por um espect谩culo muito envolvente no seu conjunto.

Na 贸pera, a Antiguidade Grega e Romana foi intensamente explorada no per铆odo barroco, em particular em numerosas 贸peras compostas por Haendel, esteve depois mais esquecida, sendo retomada pelo modernismo a partir do in铆cio do s茅culo XX (como o exemplo de Elektra, de Richard Strauss). Britten usa novamente um tema com mais de dois mil anos, com um libreto baseado numa pe莽a de 1931, por sua vez inspirado no poema narrativo de Shakespeare. O tema 茅 intenso, dram谩tico. Envolve um vil茫o, um suic铆dio, vingan莽a, e termina com a refunda莽茫o de Roma.

As 贸peras de Benjamin Britten (1913-1976) n茫o s茫o das mais conhecidas do p煤blico, nem muitas vezes interpretadas. N茫o deixam, contudo, de ser obras de arte 煤nicas que gostar铆amos de ver mais nos nossos palcos. The Turn of the Screw (TNSJ em co-produ莽茫o com o Est煤dio de 脫pera do Porto e a Casa da M煤sica/Porto 2001) e a c茅lebre Peter Grimes (em Lisboa, TNSC, 2017) t锚m sido excep莽玫es.

Fica aqui expresso o desejo de ver mais espect谩culos como este, em colabora莽茫o com o nosso 煤nico teatro de 贸pera ou outras companhias (algumas j谩 se apresentaram neste palco). A sala do TNSJ, apesar das limita莽玫es, sobretudo pela dimens茫o, permite-o em alguns casos. O Porto merece-o.

*Neurologista. Portador do Cart茫o Amigo TNSJ n.潞 1268.

_

5+7 Janeiro 2018
Teatro Nacional S茫o Jo茫o

The Rape of Lucretia

de Benjamin Britten
dire莽茫o musical Jo茫o Paulo Santos
encena莽茫o Luis Miguel Cintra
produ莽茫o Teatro Nacional de S茫o Carlos

_

in O Elogio do Espectador: 100 espet谩culos, 100 testemunhos, 100 fotografias Cadernos do Centen谩rio | 1

_

fotografia Jo茫o Tuna