Funda√ß√£o Jos√© Saramago presente na estreia de Visita√ß√Ķes: A Viagem de Jos√© Saramago

No ano em que se assinalam cem anos sobre o nascimento de Jos√© Saramago, Visita√ß√Ķes, o projeto emblema do Centro Educativo do Teatro Nacional S√£o Jo√£o junto da comunidade escolar, √© inteiramente dedicado √† vida e √† obra do Pr√©mio Nobel da Literatura de 1998. Assim, alunos de doze escolas da regi√£o Norte apresentam publicamente, este s√°bado e domingo, Visita√ß√Ķes: A Viagem de Saramago no Mosteiro de S√£o Bento da Vit√≥ria. Parte integrante das comemora√ß√Ķes do centen√°rio do autor, as apresenta√ß√Ķes v√£o contar com a presen√ßa de S√©rgio Machado Letria, diretor da Funda√ß√£o Jos√© Saramago, e de Carlos Reis, Comiss√°rio para o Centen√°rio de Jos√© Saramago.

Depois de Gil Vicente e de Fernando Pessoa, e de uma singular edi√ß√£o online dedicada √† Liberdade, Visita√ß√Ķes chega √† obra e ao percurso de vida de um dos mais not√°veis autores portugueses, Jos√© Saramago. Em sucessivas reuni√Ķes semanais, com o apoio de uma equipa art√≠stica e sob a coordena√ß√£o art√≠stica de Nuno Cardoso, diretor art√≠stico do Teatro Nacional S√£o Jo√£o, crian√ßas e jovens dos 10 aos 18 anos de doze escolas foram desafiados, ao longo dos √ļltimos meses, a ler excertos contextualizados de obras de Saramago e a transport√°-los para o universo de outras express√Ķes art√≠sticas (o teatro, a dan√ßa ou a m√ļsica), de modo a desenvolver v√°rios projetos de representa√ß√£o, baseados n√£o s√≥ na produ√ß√£o liter√°ria de Saramago, mas tamb√©m na sua biografia, como se pode ler no programa de sala de Visita√ß√Ķes: A Viagem de Saramago.

De facto, o objetivo desta edi√ß√£o de Visita√ß√Ķes n√£o residiu na dramatiza√ß√£o dos textos nem na sua transposi√ß√£o c√©nica, mas sobretudo na reflex√£o sobre a obra do autor, aproximando-a dos intervenientes, criando uma ponte entre a escrita e a vida do Nobel da Literatura e as vidas das novas gera√ß√Ķes dos seus leitores. O conjunto dos trabalhos agora apresentados no Mosteiro de S√£o Bento da Vit√≥ria sob a forma de um trajeto por v√°rios espa√ßos desenha, por isso, um percurso pela biografia do autor.

Este s√°bado, as apresenta√ß√Ķes, de entrada gratuita, ficaram a cargo dos alunos do Agrupamento de Escolas Dr. Jos√© Domingues dos Santos, do Agrupamento de Escolas Clara de Resende, da Escola B√°sica e Secund√°ria Domingos Capela, da Escola das Virtudes ‚Äď Cooperativa de Ensino Polivalente e Art√≠stico, da Escola Secund√°ria Filipa de Vilhena e da Funda√ß√£o Belmiro de Azevedo ‚Äď Col√©gio Efanor. A segunda parte de Visita√ß√Ķes: a Viagem de Saramago ter√° lugar este domingo, novamente √†s 10h00 e √†s 14h45, no Mosteiro de S√£o Bento da Vit√≥ria, com os alunos do Agrupamento de Escolas N.¬ļ 1 de Gondomar, do Col√©gio Nossa Senhora do Ros√°rio, da Escola B√°sica da Barranha ‚Äď Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora, da Escola Secund√°ria Augusto Gomes, da Escola Secund√°ria de √Āguas Santas e da Escola Secund√°ria In√™s de Castro.

Ainda no contexto das celebra√ß√Ķes do Centen√°rio de Jos√© Saramago, Nuno Cardoso vai dirigir uma ‚Äújangada ib√©rica‚ÄĚ em Ensaio sobre a Cegueira, uma adapta√ß√£o das ‚Äútrezentas p√°ginas de constante afli√ß√£o‚ÄĚ em coprodu√ß√£o internacional com o Teatre Nacional de Catalunya, em l√≠ngua portuguesa e catal√£, com um elenco de nacionalidades mistas. O espet√°culo tem estreia marcada para o dia 10 de junho, Dia de Portugal, de Cam√Ķes e das Comunidades Portuguesas, no Teatro S√£o Jo√£o.

_

2 de abril de 2022