Número verde: 800 108 675

Sombras Sombras
Teatro Nacional São João 18-28 Nov 2010
terça-feira a sábado 21:30 domingo 16:00

“A nossa alma é uma coisa concreta”, lia-se em 1994, num cartaz afixado nas ruas de Lisboa. Talvez o slogan de Fados – primeira incursão de Ricardo Pais no território do Fado – devesse ter sido guardado a sete chaves até agora, quando se anuncia a estreia absoluta de Sombras. Regresso do encenador ao TNSJ após dois anos de ausência, o espectáculo sonda – poderíamos dizer sonha – o modo de ser português, indagando lugares do nosso inconsciente mítico e da nossa personalidade histórica. “Portugal: questão que tenho comigo mesmo”, segundo a fórmula de Alexandre O’Neill. Tributo apaixonado às mais belas palavras escritas em português e dadas a ouver por Ricardo Pais no palco do TNSJ (António Ferreira, Garrett, Pessoa, Vieira, entre outros), Sombras faz-se também do Fado e da música, cuja fatalidade cénica nos foi dado descobrir em espectáculos tão sóbrios e exaltantes como Raízes Rurais. Paixões Urbanas (1997) e Cabelo Branco é Saudade (2005). Com uma equipa de excepção – na qual se contam Fabio Iaquone, Mário Laginha e Paulo Ribeiro, só para citar alguns –, estas Sombras irradiam a feliz luminosidade de uma síntese. Nelas se cruzam a Fala, o Canto e a Dança (também o Vídeo, no seu carácter simultaneamente especular e íntimo), artes e linguagens que Ricardo Pais foi industriosamente explorando ao longo do seu percurso artístico. Um espectáculo de variedades, uma criação transdisciplinar, ou… um projecto ricardopaisiano? A isto se dá também o nome de Teatro.

Sombras constrói-se numa espécie de paisagem cénica insólita, cheia de eventos inesperados e contrastantes. É um espectáculo multidisciplinar, decididamente... ler mais

uma criação

de Ricardo Pais

vídeo

Fabio Iaquone, Luca Attilii

música original e direcção musical

Mário Laginha

coreografia

Paulo Ribeiro

cenografia

Nuno Lacerda Lopes

figurinos

Bernardo Monteiro

desenho de luz

Rui Simão

desenho de som

Francisco Leal

voz e elocução

João Henriques

consultor musical (fados)

Diogo Clemente

encenação

Ricardo Pais

assistência de encenação

Manuel Tur

interpretação

José Manuel Barreto, Raquel Tavares (fadistas); Emília Silvestre, Pedro Almendra, Pedro Frias (actores); Carla Ribeiro, Francisco Rousseau, Mário Franco (bailarinos); Mário Laginha (piano), Carlos Piçarra Alves (clarinete), Mário Franco (contrabaixo), Miguel Amaral (guitarra portuguesa), Paulo Faria de Carvalho ou Diogo Clemente (viola); Albano Jerónimo, António Durães, João Reis, Teresa Madruga, entre outros (colaboração especial em vídeo)

produção

TNSJ

co-produção

Centro Cultural Vila Flor, Teatro Viriato, São Luiz Teatro Municipal

classificação etária

M/12 anos

Material de Apoio

Documentos

Doumento PDF

Programa Sombras.pdf

tnsj_sombras_mupi_web

Divulgação

Sugestão

Sugira a um Amigo

O seu Nome

O seu Email

Emails dos Destinatários

Comentário

Imprimir Espectáculo

Icon de Página de Impressão