Centro de Documentação

P.CustomPages.sections.content

Uma biblioteca e um arquivo s√£o como provas de vida, animadas por uma fic√ß√£o: nenhum documento √© o primeiro, e nenhum documento √© o √ļltimo. Uma biblioteca e um arquivo de artes performativas (teatro, dan√ßa, m√ļsica‚Ķ) s√£o provas de vida com um paradoxo dentro: conter aquilo que √©, na sua ess√™ncia, um acto irrepet√≠vel. No TNSJ, a cria√ß√£o destes contentores de mem√≥ria tamb√©m tem sido uma prova de resist√™ncia √† fatalidade: o inc√™ndio do Real Theatro de S√£o Jo√£o (1908) e as obras de requalifica√ß√£o do j√° ent√£o Teatro Nacional S√£o Jo√£o (1993-95) destru√≠ram ou dispersaram 200 anos de hist√≥ria.

Em 2000, o Centro de Documenta√ß√£o surgiu para contrariar a efemeridade do gesto criativo e desdramatizar os efeitos de v√°rias maldi√ß√Ķes documentais. Iniciou um sempre inacabado processo de recolha e tratamento de todo o material de car√°cter documental criado pelo TNSJ, disponibilizando-o dentro e fora de portas. Gere, desde 2001, uma base de dados, o Cinfo ‚Äď Centro de Informa√ß√£o, que referencia os documentos fisicamente existentes no Centro de Documenta√ß√£o, funcionando igualmente como biblioteca online, j√° que grande parte desses documentos est√° tamb√©m dispon√≠vel no seu formato digital. E desenvolve, desde a primeira hora, uma biblioteca especializada em artes performativas, esp√≥lio que agora partilhamos com outros profissionais e com o p√ļblico em geral. Instalado numa sala do Mosteiro de S√£o Bento da Vit√≥ria, para a qual o arquitecto Nuno Lacerda Lopes desenhou uma cenografia funcional, o Centro de Documenta√ß√£o do TNSJ abre-se a uma comunidade de utilizadores desejavelmente capaz de colocar em movimento uma utopia do poss√≠vel: que nenhum leitor seja o primeiro, e que nenhum leitor seja o √ļltimo.

Colec√ß√Ķes em regime de livre acesso

  • Livros: obras de refer√™ncia (dicion√°rios e enciclop√©dias); livros sobre o teatro e a dan√ßa do ponto de vista hist√≥rico, te√≥rico e cr√≠tico; monografias sobre grandes criadores do teatro e da dan√ßa; livros sobre as diferentes √°reas do teatro (encena√ß√£o, cenografia, produ√ß√£o, etc.); hist√≥ria e escritos te√≥ricos sobre o drama enquanto g√©nero liter√°rio; as v√°rias dramaturgias universais nas suas l√≠nguas originais ou em tradu√ß√Ķes para o portugu√™s, ingl√™s e franc√™s; mem√≥rias, autobiografias, entrevistas ou notas dos criadores; biografias de dramaturgos, encenadores, actores, etc.

  • Publica√ß√Ķes peri√≥dicas: revistas portuguesas correntes e algumas j√° extintas; 19 assinaturas regulares de revistas francesas, inglesas, americanas, italianas e belgas.

  • V√≠deos: edi√ß√Ķes v√≠deo de teatro e dan√ßa; document√°rios sobre teatro e dan√ßa; teatro televisivo; adapta√ß√Ķes de pe√ßas de teatro ao cinema; filmes de dan√ßa; filmes realizados por encenadores e dramaturgos; √≥peras dirigidas por encenadores relevantes.

  • CDs: teatro radiof√≥nico.

Colec√ß√Ķes em regime de acesso condicionado

  • Dossiers fotogr√°ficos: fotografias de espect√°culos e eventos produzidos ou programados pelo TNSJ.

  • Programas e materiais promocionais: programas e folhas de sala, cadernos de programa√ß√£o, cartazes, postais, flyers , convites, etc. (de espect√°culos e eventos produzidos ou programados pelo TNSJ, e colec√ß√Ķes de outras companhias e institui√ß√Ķes portuguesas e estrangeiras).

  • Registos v√≠deo de espect√°culos

  • Textos c√©nicos

  • Comunicados de imprensa

  • Dossiers de recortes de imprensa: cr√≠ticas, not√≠cias, an√ļncios de cada um dos espect√°culos e eventos produzidos ou programados pelo TNSJ.

Em fase de recolha e tratamento: spots de r√°dio e televis√£o, desenhos de figurinos, desenhos de cen√°rios, desenhos de som e luz, gui√Ķes t√©cnicos, legendagens, maquetas de cen√°rios.

Serviços

  • Consulta presencial
  • Visionamento de v√≠deos
  • Apoio e orienta√ß√£o dos utilizadores
  • Acesso √† base de dados Cinfo
  • Reprodu√ß√£o de documentos
  • Acesso √† Internet

Centro de Informação

O sistema Cinfo ‚Äď Centro de Informa√ß√£o tenta mediar a rela√ß√£o entre os diversos agentes produtores de informa√ß√£o num teatro e o sistema de informa√ß√£o de suporte √† documenta√ß√£o teatral produzida. Este sistema teve na sua g√©nese o objectivo de armazenar e indexar grandes quantidades de dados bibliogr√°ficos, documentos digitais, fotografias, materiais promocionais, comunicados e recortes de imprensa, entrevistas e not√≠cias de r√°dio e televis√£o, grava√ß√Ķes √°udio e v√≠deo, programa√ß√Ķes de equipamentos e toda a informa√ß√£o documental e de arquivo numa base de dados √ļnica.

A arquitectura do Cinfo tem em conta n√£o s√≥ o rigor documental derivado das normas internacionais adoptadas, mas tamb√©m a flexibilidade necess√°ria para uma utiliza√ß√£o nos mais diversos contextos de actua√ß√£o previstos. √Č, simultaneamente, orientado para servir como instrumento de trabalho dos colaboradores do teatro e para partilhar informa√ß√£o com elementos externos, como investigadores, professores e alunos de teatro, criadores ou o p√ļblico em geral.


Abrir Centro de Informação


Hor√°rio
segunda a sexta-feira 14:30-18:00

Centro de Documentação do TNSJ
Mosteiro de São Bento da Vitória
Rua de São Bento da Vitória
4050-543 Porto
T 22 339 50 56 | pbraga@tnsj.pt

O Centro de Documentação do TNSJ é membro da SIBMAS
Société Internationale des Bibliothèques et des Musées des Arts du Spectacle
.