Teatro Carlos Alberto

Tratado, a Constituição Universal

criação e encenação Diogo Freitas

_

Centro Cultural Vila Flor

Tratado, a Constituição Universal

Descrição

Tratado, a Constitui√ß√£o Universal questiona a sociedade e os sistemas pol√≠ticos, incluindo a democracia, pelo seu insucesso na resolu√ß√£o de quest√Ķes como o fascismo, o racismo, a xenofobia ou a guerra. Nos Estados Democr√°ticos Unidos, cada Estado √© governado por um regime diferente, onde n√£o existem os conceitos de naturalidade e de migra√ß√£o. A cada cinco anos, realiza-se o Dia Internacional do Voto. Cada cidad√£o viver√° no Estado correspondente ao ideal expresso pela vota√ß√£o. A mudan√ßa de Estado e de emprego processa-se, o conceito de fam√≠lia √© dispensado. Mas o caos instala-se quando a rivalidade entre os Estados ganha propor√ß√Ķes incontorn√°veis e o Grande Estado Conservador pro√≠be os cidad√£os de comparecerem no Dia Internacional do Voto.

Créditos

criação e encenação Diogo Freitas

texto Filipe Gouveia, Genário Neto, Inês Fernandes, Maria Teresa Barbosa, Pedro Barros de Castro dramaturgia e assistência de encenação Filipe Gouveia sonoplastia e desenho de som Cláudio Tavares desenho de luz Pedro Abreu produção executiva Ruana Carolina acompanhamento fotográfico Simão do Vale Africano

interpretação Genário Neto, Inês Fernandes, Maria Teresa Barbosa, Pedro Barros de Castro

produ√ß√£o Momento ‚Äď Artistas Independentes

coprodução Centro Cultural Vila Flor, Teatro Municipal de Bragança, Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, Teatro Nacional São João residência artística O Espaço do Tempo

estreia 2 Jun 2022 Centro Cultural Vila Flor (Guimar√£es) dur. aprox. 1:20 M/14 anos