Teatro Carlos Alberto

Vida de Artistas

de No√ęl Coward
encenação Jorge Silva Melo

_

Artistas Unidos

Vida de Artistas

Descrição

Vida de Artistas foi a √ļltima encena√ß√£o de Jorge Silva Melo, num entusiasmado regresso a No√ęl Coward, depois de Vidas √ćntimas. ‚ÄúAh, como eu gosto de No√ęl Coward. Anda connosco h√° quase um s√©culo, despistando, contrariando ideias feitas, na curva da Hist√≥ria. Fr√≠volo? Ou realmente profundo? Fantasista ou realmente realista? Olha: teatral, aposto.‚ÄĚ Estreada na Broadway em 1933 com grande sucesso cr√≠tico e comercial, Vida de Artistas foi escrita para cumprir um pacto com ‚Äúos Lunt‚ÄĚ (Alfred Lunt e Lynn Fontanne), um conhecido casal do teatro americano a viver em dificuldades. Sobre as suas personagens disse Coward: ‚ÄúS√£o criaturas superficiais, amorais, movidas pelo impacto das suas personalidades. S√£o tra√ßas √† volta da luz, incapazes de tolerar a escurid√£o solit√°ria e igualmente incapazes de partilhar a luz sem colidirem constantemente, ferindo as asas umas das outras.‚ÄĚ

Créditos

de No√ęl Coward encena√ß√£o Jorge Silva Melo

tradução José Maria Vieira Mendes cenografia e figurinos Rita Lopes Alves desenho de som André Pires desenho de luz Pedro Domingos assistência de encenação Nuno Gonçalo Rodrigues, Noeli Kikuchi

interpreta√ß√£o Am√©rico Silva, Ana Amaral, Ant√≥nia Terrinha, Jefferson Oliveira, Nuno Pardal, Pedro Caeiro, Pedro Cruzeiro, Raquel Montenegro, Rita Br√ľtt, Tiago Matias

coprodução Artistas Unidos, São Luiz Teatro Municipal, Teatro Nacional São João

estreia 23 Mar 2022 S√£o Luiz Teatro Municipal (Lisboa) dur. aprox. 2:00 M/12 anos