Teatro S√£o Jo√£o

As Bruxas de Salém

de Arthur Miller
encenação Nuno Cardoso

As Bruxas de Salém

Descrição

‚ÄúAs Bruxas de Sal√©m (The Crucible) foi um ato de desespero.‚ÄĚ Palavras do dramaturgo Arthur Miller sobre a g√©nese desta pe√ßa, baseada em factos hist√≥ricos. Em 1692, na pequena comunidade americana de Sal√©m, mulheres e homens s√£o perseguidos e julgados por bruxaria. O rumor e a mentira incandescem e ningu√©m parece a salvo da acusa√ß√£o ou da vingan√ßa. Estreada em 1953, As Bruxas de Sal√©m foi pensada como um paralelo √†s trevas do macarthismo que corro√≠am o cora√ß√£o da Am√©rica, consumida pela febre anticomunista, que tamb√©m vitimou Miller. Do seu epicentro ‚Äď um fasc√≠nio primevo pela paranoia, que sacrifica indiv√≠duos na sua f√ļria coletiva ‚Äď ressoam hoje m√ļltiplos ecos. √Č com ela que Nuno Cardoso prossegue a inquiri√ß√£o dos alicerces da vida em comunidade, num outro ensaio sobre a cegueira do homem social. De novo Miller: ‚ÄúPor debaixo das quest√Ķes sobre justi√ßa, a pe√ßa desenterra um caldo letal de sexualidade il√≠cita, medo do sobrenatural e manipula√ß√£o pol√≠tica.‚ÄĚ

Créditos

de Arthur Miller

encenação Nuno Cardoso

produção Teatro Nacional São João