Um auto de exterm铆nio em curso

DANIEL JONAS*

Dos muitos espect谩culos importantes na minha forma莽茫o enquanto espectador, A Salva莽茫o de Veneza de Thomas Otway, apresentado no Teatro Nacional S茫o Jo茫o em 1997, 茅, certamente, um marco importante num per铆odo baptismal da minha experi锚ncia de ir ao teatro. Na mem贸ria guardo um borr茫o de fogo, uma esp茅cie de auto de exterm铆nio em curso, as altas temperaturas da coisa pol铆tica, o sangue, os amores, a lealdade, a trai莽茫o, aquelas volutas carmesins da libidinosa est茅tica paisiana ali t茫o intensamente teatrais, ou como a cortina 鈥 essa ferramenta t茫o simbolicamente teatral 鈥 se constitu铆a 脿 uma como pano de marca莽茫o, adorno, mas tamb茅m, e muito especialmente, carne da mat茅ria teatral. N茫o 茅 tanto a pe莽a ou pela pe莽a, ainda que a pe莽a seja um momento forte da hist贸ria do teatro, exc锚ntrica a Shakespeare e at茅 a Marlowe, antes mais um certo tratamento sensorial, uma certa experi锚ncia do espectador que 茅 embebido numa est茅tica, numa proposta l煤brica de aliar as libertinagens adri谩ticas a um golpe de Estado. Eros e pol铆tica desembocam naquelas 谩guas s贸rdidas e escuras de Veneza, naquele po莽o que se abre no meio da cena, no restolhar dos figurinos, no intenso convite das falas que se prolongam perigosamente dos 鈥渁rgumentos entediantes de inten莽茫o sinuosa鈥 do poema, sem que, todavia, ali se consumam.

H谩 muitos teatros dentro do teatro, e este 茅 apenas um teatro poss铆vel e, obviamente, uma de muitas poss铆veis direc莽玫es para aquela pe莽a, mas deixei de conceber um Otway alternativo, t茫o impositivo o chamamento daquela composi莽茫o espec铆fica.

Da minha imers茫o cultural nesses idos in铆cios de 90, poderia destacar tamb茅m O Conto de Inverno de Shakespeare pela Cornuc贸pia no S茫o Luiz ou, por exemplo, 脩aque ou Sobre Piolhos e Actores de Sinisterra pelo Meridional no CCB (n茫o falando na muito teatral L煤cia Sigalho e na teatralmente cinematogr谩fica trilogia de Pasolini no Cinema Nimas). E, insisto, poderia escolher dezenas de outras pe莽as da produ莽茫o do TNSJ, mas este espect谩culo com Del-Carlo e Reis em Pierre e Jaffeir 茅 um momento especialmente marcante da pletora do Nacional, uma caixa onde a magia de suspens茫o da descren莽a acontece de um modo muito particular e particularmente afectivo para mim.

*Poeta.

_

21 Mar莽o 鈥 17 Abril 1997
Teatro Nacional S茫o Jo茫o

A SALVA脟脙O DE VENEZA

de Thomas Otway
encena莽茫o Ricardo Pais
produ莽茫o Teatro Nacional S茫o Jo茫o

_

in O Elogio do Espectador: 100 espet谩culos, 100 testemunhos, 100 fotografias Cadernos do Centen谩rio | 1

fotografia Jo茫o Tuna