Centro de Documenta√ß√£o do S√£o Jo√£o reabre ao p√ļblico

No ano em que comemora duas d√©cadas de exist√™ncia, o Centro de Documenta√ß√£o do Teatro Nacional S√£o Jo√£o reabre as portas para incentivar ‚Äď com todas as regras de seguran√ßa recomend√°veis ‚Äď m√ļltiplos modos de conviv√™ncia com as palavras, ditas e escritas.

Ap√≥s o per√≠odo de confinamento que ditou o encerramento da generalidade dos espa√ßos p√ļblicos, o Centro de Documenta√ß√£o do S√£o Jo√£o, que opera no Mosteiro de S√£o Bento da Vit√≥ria, j√° reabriu ao p√ļblico.

O acesso ao Centro de Documenta√ß√£o deve ser feito com marca√ß√£o pr√©via, de modo a garantir disponibilidade de atendimento. As marca√ß√Ķes podem ser feitas atrav√©s do endere√ßo pbraga@tnsj.pt.

O Centro de Documenta√ß√£o vai disponibilizar luvas de algod√£o esterilizadas e o material consultado ser√° posteriormente desinfetado e colocado em quarentena por um per√≠odo de 48 horas. Aplicam-se tamb√©m as medidas de conduta social recomendadas pelas autoridades de sa√ļde.

As medidas preventivas do Centro de Documentação podem ser consultadas, na íntegra, aqui.

Recorde-se que esta terça-feira, 2 de junho, reabrem também as bilheteiras do Teatro São João e do Teatro Carlos Alberto e que já estão disponíveis os ingressos para os espetáculos O Burguês Fidalgo, que estreia a 6 de agosto, e Castro, a 20 de agosto.

_
1 de junho de 2020