Ana Lu铆sa Amaral (1956-2022)

Perdemos Ana Lu铆sa Amaral, uma amiga rara e generosa colaboradora do S茫o Jo茫o. A quem nos deu tantas palavras (em ensaios, confer锚ncias, semin谩rios, tradu莽玫es e textos) dedicamos uma 煤nica, simples e justa: obrigado. No final do ano, estrearemos com o Ensemble - Sociedade de Actores a nova tradu莽茫o de 鈥淏ruscamente no Ver茫o Passado鈥, de Tennessee Williams, feita por Ana Lu铆sa Amaral, que publicaremos tamb茅m em livro. Bruscamente, neste Ver茫o, perdemos de vista Ana Lu铆sa Amaral, mas as suas palavras continuar茫o, por muitas esta莽玫es ainda, a fazer-nos companhia, a servir-nos de exemplo.

Um abra莽o sentido e solid谩rio a todos os familiares e amigos.

_

6 de agosto de 2022