Teatro S√£o Jo√£o

Catarina e a Beleza de Matar Fascistas

texto e encenação Tiago Rodrigues

Catarina e a Beleza de Matar Fascistas

Descrição

Lamentamos informar que, por motivo de isolamento profil√°tico de um elemento do elenco, vimo-nos for√ßados a cancelar as r√©citas dos dias 25 e 26 de junho do espet√°culo Catarina e a Beleza de Matar Fascistas . Os espectadores que tiverem adquirido bilhetes ser√£o contactados ou poder√£o entrar em contacto com os servi√ßos de bilheteira do S√£o Jo√£o, atrav√©s do n√ļmero 22 340 19 10 ou do e-mail bilheteira@tnsj.pt, para garantir a troca ou o reembolso dos ingressos.

_

O nosso tempo mudou e √© talvez tempo de o teatro usar os seus artif√≠cios para nos transportar a um tempo futuro que melhor nos fale do tempo presente. Foi este olhar aleg√≥rico que Tiago Rodrigues tomou como premissa da sua pe√ßa Catarina e a Beleza de Matar Fascistas. Uma fam√≠lia re√ļne-se numa casa perto da aldeia de Baleiz√£o para cumprir uma tradi√ß√£o anual: raptar e matar fascistas. √Č a vez de Catarina, um dos seus mais jovens elementos. √Č um dia de festa, beleza e morte. Mas Catarina √© incapaz de matar e o conflito instala-se, enquanto o fantasma de uma outra Catarina, Euf√©mia de apelido, assoma. O que √© um fascista? H√° lugar para a viol√™ncia na luta por um mundo melhor? Podemos violar as regras da democracia para melhor a defender? Como um poema dist√≥pico, o espet√°culo afasta-se da realidade para melhor nos aproximar dela, ensaiando uma negocia√ß√£o po√©tica com a cultura popular. O teatro √© assim uma forma coletiva de proje√ß√£o no futuro que nos cabe construir.

Créditos

texto e encenação Tiago Rodrigues

cenografia F. Ribeiro figurinos Jos√© Ant√≥nio Tenente desenho de luz Nuno Meira sonoplastia, desenho de som e m√ļsica original Pedro Costa coralidade e arranjos de voz Jo√£o Henriques voz off Cl√°udio Castro, Nadezhda Bocharova, Paula Mora, Pedro Mold√£o apoio ao movimento Sofia Dias, V√≠tor Roriz apoio em luta e armas David Chan Cordeiro assist√™ncia de encena√ß√£o Margarida Bak Gordon colabora√ß√£o art√≠stica Magda Bizarro produ√ß√£o executiva Rita Forjaz, Pedro Pestana

interpretação António Fonseca, Beatriz Maia, Carolina Passos Sousa, Isabel Abreu, Marco Mendonça, Pedro Gil, Romeu Costa, Rui M. Silva

produção Teatro Nacional D. Maria II

coprodu√ß√£o Wiener Festwochen, Emilia Romagna Teatro Fondazione, Th√©√ĘtredelaCit√© ‚Äď CDN Toulouse Occitanie & Th√©√Ętre Garonne Sc√®ne Europ√©enne Toulouse, Festival d‚ÄôAutomne √† Paris & Th√©√Ętre des Bouffes du Nord, Teatro di Roma ‚Äď Teatro Nazionale, Com√©die de Caen, Th√©√Ętre de Li√®ge, Maison de la Culture d‚ÄôAmiens, BIT Teatergarasjen, Le Trident ‚Äď Sc√®ne Nationale de Cherbourg-en-Cotentin, Teatre Lliure, Centro Cultural Vila Flor, O Espa√ßo do Tempo

estreia 18 Set 2020 Centro Cultural Vila Flor (Guimar√£es)

dur. aprox. 2:30 M/16 anos

Evento organizado no √Ęmbito da Temporada Portugal-Fran√ßa 2022

Espetáculo em língua portuguesa, legendado em inglês.

Audiodescrição + Língua Gestual Portuguesa | 26 jun Conversa com o Mestre | 1 jul