Teatro Carlos Alberto

P√°tria

de Bernardo Carvalho
encenação Manuel Tur
_

11Zero2, A Turma

P√°tria

Descrição

O romancista e dramaturgo brasileiro Bernardo Carvalho p√īs P√°tria no colo de Manuel Tur em resposta ao desafio de escrita de um texto original. Segunda parte do ciclo Retrato de Fam√≠lia, onde o encenador tem explorado realidades familiares opressivas, P√°tria √© um mon√≥logo de um ensandecido homem s√≥. Art√≠fice da sua pr√≥pria obsess√£o, fala com as paredes e as plantas, narrando-se como expatriado e injusti√ßado. At√© que um estrangeiro lhe bate √† porta, pronto a contradiz√™-lo. ‚ÄúAcabei a acreditar na hist√≥ria que ia contando e a esquecer-me de mim.‚ÄĚ Verdade e mentira, realidade e fic√ß√£o, origem e perten√ßa (paira a sombra de um pai ausente) enovelam-se, s√£o mat√©ria e obst√°culo da busca pela identidade. Manuel Tur desafia-nos a testemunhar, como se espreit√°ssemos pelo buraco da fechadura, ‚Äúesta esp√©cie de ang√ļstia‚ÄĚ da desagrega√ß√£o identit√°ria, do desenraizamento e da solid√£o. A p√°tria √© aqui uma miragem, uma abstra√ß√£o. Este pai, este homem sem nome, tempo e pa√≠s, fala por todos n√≥s.
.


PROGRAMA DE SALA

P√ĀTRIA


Créditos

de Bernardo Carvalho encenação Manuel Tur

cenografia Ana Gormicho figurinos Anita Gon√ßalves desenho de luz C√°rin Geada desenho de som Joel Azevedo m√ļsica original Jo√£o Hasselberg

assist√™ncia de encena√ß√£o Maria In√™s Peixoto apoio dramat√ļrgico Gil Fesch

interpretação Pedro Almendra

coprodução 11Zero2, A Turma, Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, Teatro Nacional São João

estreia 29 Nov 2019 Casa das Artes de Vila Nova de Famalic√£o dur. aprox. 1:15 M/14 anos